FALE CONOSCO: (67) 3028-6562 l 3044-7772 l 3044-7773.
Iodo

Reposição de Iodo

O Iodo é um elemento químico que participa ativamente de mecanismos associados às funções das mamas, próstata, pele, retina, varredura de células aberrantes e processos de detoxificação, além de papel importantíssimo na função imunológica, e não apenas tem relação com a tireoide.

Uma das questões de saúde que precisa ser debatida é a insuficiência de Iodo.

A recomendação de ingestão diária (RDA) de 150μg foi definida ainda na década de 80, sendo suficiente apenas para evitar que o indivíduo desenvolva o bócio no pescoço, o que significa que a dose está longe de ser a ideal para otimizar a saúde no geral, mas apenas para se evitar a doença.  A dose adequada para o funcionamento do organismo de forma correta, por sinal, nunca foi definida.

Outra questão é que para se definir que o indivíduo necessita da suplementação de Iodo, é que não devemos nos basear apenas nos valores de referência de exames laboratoriais. A afirmação de que alimentos contêm quantidades adequadas deste elemento pode ser frágil. A dosagem de iodo que consta no exame de urina é simplória e incapaz  de identificar com precisão se o indivíduo realmente é ou não deficiente do nutriente. Há aqueles que até sugerem que a suplementação de Iodo pode causar Tireoidite, uma informação que deve ser contestada. Na maioria das vezes esta condição está associada a problemas no intestino, como a disbiose e a impermeabilidade intestinal.

Então como identificar a insuficiência de Iodo no organismo?

Para responder essa pergunta devemos estar atentos às múltiplas manifestações clínicas, ou seja, os sintomas a que o paciente pode estar sofrendo devido à condição.

O teste mais fiel é o Iodine Overloading Test, onde o paciente ingere uma dose padrão de 50 mg de Iodo pela manhã, logo após acordar e urinar. A partir daí a urina deverá ser coletada até a manhã do dia seguinte, e deverá ser dosado o iodo total das 24 horas. Caso o resultado apresente menos de 45mg eliminados na urina, será considerado insuficiente, sendo assim necessária a suplementação de Iodo.

A insuficiência de Iodo está relacionada a condições, como redução da capacidade intelectual, subdesenvolvimento neuronal, hipotireoidismo neonatal, obesidade infantil, depressão, doenças cardiovasculares e neoplasias.

Escrito por: Olavo A. Machado
Responsável Téc.: Dra. Andreia Antoniolli – CRM 2668/MS

Fonte: Iodine intake as a determinant of thyroid disorders in populations; Best Practice & Research Clinical Endocrinology & Metabolism – Volume 24, Issue 1, February 2010, Pages 13-27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com