FALE CONOSCO: (67) 3028-6562 l 3044-7772 l 3044-7773.
Osteop

Osteoporose – Causa e Prevenção

As células dos nossos ossos trabalham constantemente, criando novo tecido e reabsorvendo as células antigas e “gastas”. Quando a regeneração do tecido não acompanha a remoção da camada anterior, ocorre a Osteoporose. Os ossos se tornam mais frágeis e suscetíveis a rupturas e fraturas; em casos mais graves, ao menor impacto.

A princípio é uma condição assintomática, sendo percebida somente após fratura de algum osso.

A prevenção é o fator principal para evitar o problema.

  • Alimentação e Suplementação: Sabemos que nossos ossos são feitos basicamente de cálcio e há o mito de que se tomamos bastante leite, ou fazendo suplementação de cálcio, estaremos prevenindo contra a Osteoporose e repondo os nutrientes necessários para a saúde dos ossos. Não é bem assim. O cálcio sozinho pode ser responsável por problemas de saúde, aumentando o risco de aterosclerose, infarto, AVC, problemas renais, etc. Inclusive alguns estudos sugerem (apesar de não haver consenso) que a ingestão de leite estaria associada ao aumento da incidência dessas doenças.  É necessário que junto com a ingestão do cálcio, acompanhe dois nutrientes chave: o Magnésio e a Vitamina D3.

O magnésio é responsável pela fixação do cálcio nos ossos. Sem este mineral o cálcio fica “solto” pelo organismo e acaba sendo depositado nas artérias, causando entupimento, nos rins, onde em casos mais graves pode ser necessário o transplante deste órgão. Já a vitamina D3 ajuda o organismo a regular a absorção e excreção de cálcio.

Alimentos que contém cálcio: brócolis, repolho, couve, mostarda, batata doce, feijão, entre outros.

Alimentos que contém magnésio: espinafre, arroz integral, abacate, banana, chocolate amargo (com mais de 70% de cacau), amêndoas, feijão preto, etc.

A correção nos níveis desses nutrientes no nosso corpo também pode ser feita através da suplementação, onde o médico irá determinar através de análises e exames, a quantidade ideal que o paciente deve ingerir. Cada caso é analisado individualmente.

  • Atividade Física: protege e fortalece músculos e ossos. O aumento da força e resistência muscular estão constantemente associados com a melhora da densidade óssea, tornando-os menos propensos a fraturas.

 

Vale lembrar que qualquer tipo de mudança na alimentação, suplementação e atividade física, devem ser sempre acompanhados por especialista.

Escrito por: Olavo A. Machado
Responsáveis Téc.: Dra. Andreia Antoniolli – CRM 2668/MS

 

Fonte:  US National Library of Medicine National Institutes of Health. UID 21505219

              Hospital Israelita A. Einstein

              Dr. Lair Ribeiro

              Academia Longevidade Saudável

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com