FALE CONOSCO: (67) 3028-6562 l 3044-7772 l 3044-7773.
VitDInfancia

A Vitamina D na Infância

A Vitamina D, que na verdade se trata de um hormônio, é uma das substâncias chave que regem o nosso organismo. Participa de funções em sistemas, como o imunológico, cardiovascular, crescimento, músculos, metabolismo, ósseos, entre outros.

Na fase da infância a falta desde nutriente pode trazer algumas condições indesejadas para a saúde da criança. Alguns sinais de que os níveis da vitamina andam baixos, são: gripes e resfriados contantes, incapacidade de atingir a altura geneticamente programada, pode afetar coração e cérebro, baixa densidade óssea, aumentando o risco de fraturas, raquitismo, aumento no risco de diabetes tipo 1, além da possibilidade de desenvolver doenças no futuro, como esclerose múltipla, doença de Chron, artrite reumatoide, entre outras.

Garantir níveis ótimos de vitamina D requer cuidados desde a gestação. A falta de vitamina D nesta fase, está relacionada a distúrbios respiratórios, alergias e infecções recorrentes.

O Dr. Michael Holick, endocrinologista, professor e doutor em bioquímica, esclarece que a deficiência intrauterina de vitamina D, está relacionada a problemas específicos da gestação, como diabetes gestacional, pré-eclâmpsia e hipertensão, além de trabalho de parto prolongado e aumento na incidência de cesáreas.

Alimentação

Os principais alimentos ricos em Vitamina D são de origem animal: peixes (salmão, atum, arenque e sardinha), gema de ovo, bife de fígado bovino e óleo de fígado de bacalhau, mas suprem apenas de 10 a 15% das necessidades diárias do organismo. Por isso é muito importante tomar sol.

Exposição Solar

Segundo o Dr. Holick, se expor a luz solar diretamente conduz a produção de uma Vitamina D que vai parar direto na corrente sanguínea. A quantidade produzida depende da hora do dia, de quanto o corpo está exposto, e até da pigmentação da pele.

A recomendação é pegar sol pelo menos 3 vezes na semana, de 15 a 20 minutos de exposição. A criança pode estar de camiseta e bermuda, pois a exposição dos braços e pernas pode ser suficiente. Já pegar sol dentro de casa, através da janela por exemplo, não traz nenhum benefício já que os raios UV, que são os que ativam a síntese da vitamina D, não passam pelos vidros.

 

Escrito por: Olavo A. Machado
Responsável Téc.: Dra. Andreia Antoniolli – CRM 2668/MS

Fontes: Vitamin D Deficiency as a risk factor for childhood allergic disease and asthma; Curr Opin Allergy Clin Immunol. 2012 Apr; 12(2): 179–185.
doi: 10.1097/ACI.0b013e3283507927

Serum Vitamin D Levels and Markers of Severity of Childhood Asthma (American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine)

Maternal vitamin D status during pregnancy and childhood bone mass at age 9 years: a longitudinal study (The Lancet, Volume 367, Issue 9521, 6–12 May 2006, Pages 1486)

Maternal vitamin D intake during pregnancy and early childhood wheezing (The American Journal of Clinical Nutrition, Volume 85, Issue 3, March 2007, Pages 853–859)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com